sábado, 6 de janeiro de 2018

ESCOLINHA INDICA OS MELHORES DE 2017

                                      Os campeões na festa de 21 anos da escolinha

                                                             COMO FOI O ANO DE 2017 

 Não me lembro de um ano tão ruim pra escolinha como foi o ano passado. Nem quando fundamos a escolinha, onde tivemos mutos problemas inicial para se firmar, a escolinha
nunca teve tantas dificuldades  durante um ano como o que passou. Primeiro foi a mudança
de prefeito que alterou todo nosso calendário, porque tinhamos ajuda para atender os alunos
mais carentes, como uniforme padrão,  uniforme para Olimpíada e ajuda financeira para levar
a escolinha a qualquer cidade do nosso estado como também de outros, pois a escolinha já fez
jogos amistosos em Salvador, contra o Bahia no fazendão, contra o vitória no Barradão e contra
AABB. Já ultrapassamos nossas fronteiras indo três vezes jogar em Aracajú e tivemos o prazer
de jogar e conhecer Canindé de São Francisco e suas belezas do Rio São Francisco. A quantidade de amistosos era ilimitado, não tinha barreira para a escolinha camisa 10, hoje, sem
apoio, sem ajuda, estamos muito limitado a pequenas distâncias e contando cada vem menos
com poucos alunos. A escolinha já chegou a ter 316 alunos num ano, distribuídos em várias 
categorias, até o final do ano passado, quando ainda tínhamos ajuda, a escolinha contava com
176 alunos, na troca de uniforme em setembro o número caiu para 98, menos que a quantidade
de alunos patrocinados pela prefeitura que era de 115 alunos, hoje, novos alunos vão entrando 
e nosso efetivo chega a 110 alunos, mas diminuimos bastante a quantidade de jogos amistosos
no ano, só pra ter uma idéia de como ficamos incapacitados dos jogos, fizemos um teste em
março na cidade de Tucano para o Palmeiras / SP, e agora em dezembro fomos até a cidade 
vizinha de Cicero Dantas fazer um jogo amistoso contra uma escolinha de lá. Muito pouco para
quem fazia dois jogos todos os meses do ano.

A escolinha já teve o privilégio de  trazer a nossa cidade, o Esporte Clube Vitória, já tivemos
jogos memoráveis como contra a AABB em Salvador, onde a escolinha se apresentou na presença de muitos filhos da terra e não decepcionamos, aplicamos uma goleada de 5x0
na categoria sub-17 da AABB, fomos até Salvador fazer dois jogos-treinos contra o Esporte
Clube Bahia, um na terça e outro na quinta-feira da mesma semana, e ganhamos os dois jogos.
Em nossa região  passamos três anos invictos com a categoria PRÉ-MIRIM, jogando contra cidades como Paulo Afonso, Ribeira do Pombal, Euclides da Cunha, cidades muito mais desenvolvidas do que Antas e com uma capacidade maior de formação de atletas, ainda tivemos
com essa categoria a maior goleada que a escolinha já aplicou, foi contra Carira/SE, onde os
nossos meninos não tomaram conhecimentos e deram 11x0, foram 27 partidas com 25 vitórias e dois empates, fizemos 87 gols e levamos 17, realmente foi uma fase de ouro de nossa escolinha.

                                                               NOSSA PROGRAMAÇÃO

Desde 1999 que a escolinha realiza sua Mini - Olimpíada. Era realizada de dois em dois anos, devido a boa aceitação dos alunos e a pedidos de muitos pais que acompanhavam seus filhos,
passamos a fazer toda mês de março, e este ano vamos fazer a 13ª MINI - OLIMPÍADA.
Outro evento que marca muito a vida dos alunos é a festa de aniversário da escolinha em setembro com um torneio valendo medalhas.

                                                    A ESCOLHA DOS MELHORES DO ANO

Para motivar mais o aluno, a escolinha adotou um sistema de premiar todos aqueles que mais
se destacam no ano, em cada categoria, premiamos os três principais artilheiros do ano, e a disputa é tão acirrada que este ano um aluno perdeu a terceira posição na artilharia por uma diferença de dois gols no último treino do ano,também premiamos quem completa o milésimo gol e outras premiações conforme abaixo.                                                                                    

                                                                  OS ALUNOS PREMIADOS 

ARTILHEIROS / DENTE DE LEITE / SUB - 07

1º ) David Ryan  =  50 gols
2º ) Felipe Santos  =  22 gols
3º ) Gabriel Lima  =  12 gols

ARTILHEIROS / PRÉ - MIRIM / SUB - 10

1º ) Ronaldo Filho  =  229 gols
2º ) Virgilio  =  181 gols
3º ) Roberto  = 167 gols

ARTILHEIROS / MIRIM / SUB - 13

1º ) Thiago Lima  =  430 gols
2º ) Isaac Alves  =  414 gols
3º ) Matheus Gonçalves  =  315 gols

ARTILHEIROS / INFANTIL / SUB - 15

1º ) Carlos Henrique  =  633 gols
2º ) Emanuel  =  385 gols
3º ) Jorge Santos  =  375 gols

ARTILHEIROS / JUVENIL / SUB - 18

1º ) Gustavo Teixeira  =  416 gols
2º ) João Pedro  =  346 gols
3º ) Davi  = 317 gols

OUTRAS PREMIAÇÕES

> Melhor jogador  =  Davi
> Jogador revelação  =  Kauê Gabriel
> Maior artilheiro  =  Carlos Henrique (633 gols)
> Artilheiro Especial  = Danilo ( aluno acima da idade da escolinha )
> Milésimo GOL  =  ISAAC / MATHEUS GONÇALVES / GUILHERME FREITAS /
   EMANUEL E JOÃO PEDRO.

 Todos eles estarão recebendo suas medalhas na próxima MINI - OLIMPÍADA em março.
   






segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

ESCOLINHA : o primeiro jogo de uma nova geração, inesquecível !

                                 Categoria sub - 7/8 nova atração na escolinha

A escolinha tem 21 anos de fundada e nunca um jogo amistoso foi tão esperado como esse de ontem na cidade de Cicero Dantas. A novidade era a estréia dessa turminha ai que pela primeira vez na história da escolinha, jamais tinha feito um jogo amistoso nessa faixa de idade, e neste domingo (17), além da estréia o jogo foi fora para dificultar mais ainda o nervosismo dos pais que acompanharam seus filhos até aquela cidade.

Para que esses garotos tivessem mais um pouco de incentivo, a escolinha fez uma promoção de
cobrar somente a passagem do aluno, podendo os pais levar qualquer pessoa da família sem nenhum custo. Essa medida, fez com que muita gente mesmo sem ser parente lotassem o ònibus aumentando a torcida por eles e dentro de campo apesar de nunca terem jogado nem mesmo na grama sintética, venderam caro a derrota por 2 a 1, e saíram aplaudidos do gramado.

                                                                      O acerto

Como a escolinha tem muitos alunos nessa faixa etária de 06 a 16 anos, algumas turmas foram
feitas até 03 equipes para colocar todos em atividades, e lógico que alguma equipe formada não
tinha o mesmo nível  e o resultado já era esperado, mais o que vale mesmo era a presença de todos e a confraternização com alunos de outra escolinha, que terminou em festa mesmo na derrota.

Compareceram 57 alunos que foram divididos em 08 equipes e os resultados foram os seguintes:

Sub - 7/8 anos
Cícero Dantas 2x1 Escolinha

Sub - 9/10 - turma A
Cicero Dantas 0x4 Escolinha

Sub - 9/10 - turma B
Cicero Dantas 5x0 Escolinha

Sub - 11/12 - turma A
Cícero Dantas 0x5 Escolinha

Sub - 11/12 - turma B
Cícero Dantas 1x4 Escolinha

Sub - 13/14 - turma A
Cicero Dantas 2x2 Escolinha

Sub - 13/14  - turma B
Cícero Dantas 1x1 Escolinha

Sub - 15/16 
Cicero Dantas 1x0 Escolinha

Resumo :

Escolinha Camisa 10
Vitórias = 03
Derrotas = 03
Empates = 02
Gols a favor  = 17
Gols contra =  12
Saldo = 05

As partidas foram muito bem disputadas e alguns alunos se destacaram e jogaram muito, mas
merecem destaques duas meninas que por onde passam chamam à atenção e ontem elas jogaram demais, Raissa Silva (14) e Alana Costa (16), também merecem destaques, Pelezinho,
Diones, Gustavo Silva que se adaptou muito bem jogado de líbero, Álef Robert, Roberto e P. H. Kauan Araújo, o sempre artilheiro de todos os jogos que participa, realmente é um matador.

A última partida marcou a tarde/noite como a melhor, devido a movimentação das equipes
e sinceramente não esperava um jogo táo cheio de emoções como foi. Ainda faltava jogar 05
alunos na idade de 13/14, o time da casa reservou um time muito forte pra enfrentar os meninos e o nosso time não tava à altura, por isso iniciei o jogo com quem ainda não tinha jogado e eles
não deram conta do recado e levaram logo de cara 2 a 0. Como eu tinha deixado no banco uma 
turma boa, fiz algumas mudanças e nosso time tomou conta do jogo, empatamos e se fosse uma
partida com um tempo normal de 60 minutos, com certeza a gente ia ganhar fácil porque eles não passavam do nosso meio campo(lembramos que o tempo de jogo era de 15 + 15). 

No final as duas escolinha se sentiram orgulhosas dos seus alunos por esse primeiro encontro.
Em janeiro estaremos marcando o jogo de volta e esperamos que transcorra tudo normal como
foi nesse jogo e agradecemos as professoras Zenaide e Uilza, e agradecemos muito ao grande desportista Almir pela coordenação do evento.

fotos
























quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

INTERMUNICIPAL : Seleção de Eunápolis é campeã inedito


O campeonato Intermunicipal conheceu neste domingo (10) mais um campeão inédito. Desta vez, o grito de "é campeão!" foi da Seleção de Eunápolis.
 
Fora de casa, os eunapolitanos ficaram no empate de 2 a 2 com a Seleção de Euclides da Cunha. Mas, no jogo de ida, Eunápolis não desperdiçou a chance de construir a história do título e goleou por 5 a 0.


Após a partida, a diretoria da Federação Bahiana de Futebol realizou a cerimônia de premiação aos campeões e vice-campeões de 2017.
 
O troféu de campeão do Intermunicipal 2017 levou o nome do maior cantor de Reggae do Brasil, o baiano Edson Gomes.

Nascido em Cachoeira (1955), Edson Gomes, como é popularmente conhecido, antes de se destacar como um músico conceituado tinha o desejo que normalmente é despertado na maioria dos jovens garotos: ser jogador de futebol. No entanto em 1972, após participar de festivais musicais em sua cidade e municípios de outras regiões, definiu por seguir a carreira artística, bem como o estilo roots reggae engajado, com influencias de Bob Marley e Jimmy Cliff. Sempre se destacando como o melhor colocado nos festivais que participava, chegou a receber o Troféu Caymmi, e desde então surgiu o interesse de gravadoras e o lançamento de álbuns. O sucesso foi crescendo não só na região nordeste, como por todo o País. E com isso Edson passou a ser o maior nome do gênero musical do País.

Já o troféu de vice-campeão levou o nome de Alberto Pereira de Souza. Bertinho, como é conhecido, é uma importante personalidade do Município de Maragojipe/Ba. Nasceu em 1930, num dos bairros mais conhecidos da cidade. Pai de 12 filhos, viúvo, em 1977 formou-se em Magistério e Técnico de Contabilidade. Atuou em diversas áreas da sociedade daquele Município, a exemplo de: Segurança (iniciou como carcereiro, passando a Agente de Polícia e chegando a ser Delegado de Polícia); Social (foi Tesoureiro e Presidente de clubes sociais do Município); Desporto (atuou como Jogador, Árbitro, Diretor de Esportes, Técnico da Seleção e Presidente da Liga) e Cultural (atuou como Escritor e Poeta, e publicou seu 1º livro em 2015 “Maragojipe cantada em verso e prosa”).

fotos diversas



sábado, 2 de dezembro de 2017

INTERMUNICIPAL : Eunápolis goleia Euclides da Cunha no primeiro jogo da final

                             Seleção de Eunápolis jogando em casa goleira Euclides da Cunha por 5x0


Apesar de jogar pela primeira vez disputar uma final do Intermunicipal, Eunápolis entrou em campo neste domingo (26) como uma Seleção já acostumada a decidir títulos. Os eunapolitanos dominaram e golearam Euclides da Cunha por 5 a 0 na partida de ida da decisão.
Os gols da vitória foram marcados por Lukinhas, duas vezes, Rafael, também duas vezes, e Felipe. Com o resultado, os donos da casa colocaram uma mão na taça de campeão.

Para conquistar o título inédito, Eunápolis pode até perder por quatro gols de diferença no jogo de volta, no dia 10 de dezembro, em Euclides da Cunha. Aos euclidenses resta um triunfo por cinco gols de diferença, para levar a decisão para os pênaltis, ou por seis gols de diferença para conquistar a taça no tempo regulamentar.

Final : 10/12/2017

Cidade : Euclides da Cunha

fotos
















fonte: FBF

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

INTERMUNICIPAL : UMA FINAL INÉDITA EM 2017

                                   
                                  A seleção de Eunápolis vai a final pela primeira vez

No próximo domingo (26), Euclides da Cunha e Eunápolis iniciam a disputa do título do Intermunicipal 2017. Um confronto inédito na final de uma edição da maior competição de futebol amador do país.
 
As duas Seleções buscam o primeiro título de suas histórias. Euclides já teve duas oportunidades e bateu na trave em 2002 e 2003. Eunápolis vai para sua primeira decisão.
 
Para chegarem à disputa da taça, as finalistas tiveram uma longa e árdua caminhada desde 6 de agosto, da rodada de abertura do campeonato. Nestes quase quatro meses, as duas equipes realizaram 16 jogos.
 
Antes de a bola rolar na decisão do título, o Portal FBF traz para você, torcedor, o retrospecto de cada finalista do Intermunicipal 2017.

 EUCLIDES DA CUNHA                                                                 


A Seleção do Nordeste Baiano vai para sua terceira final da competição. Na primeira delas, em 2002, perdeu o título para Itamaraju. Já na segunda, em 2003, foi vice-campeã ao perder a taça para São Félix.
 
Quatorze anos depois, Euclides da Cunha volta a disputar o título após uma campanha de destaque nas primeiras fases do certame. Em 16 jogos disputados, foram nove vitórias, cinco empates e duas derrotas, para Biritinga e Serrinha, na 1ª e 3ª rodadas, respectivamente.
 
A Seleção Euclidense marcou, até aqui, 34 gols, sofreu 18 e tem um saldo positivo de 16 gols. Seus 66,6% de aproveitamento lhe garantem o direito de fazer o duelo decisivo da final no seu mando de campo.
 
Além do apoio da torcida, Euclides da Cunha tem como arma o maior goleador da história do Intermunicipal. O experiente Pim é centroavante da equipe e chega para a decisão na liderança da corrida por mais uma artilharia, com 13 gols marcados.

Histórico de Jogos
 
1ª fase
Biritinga 2 x 1 Euclides da Cunha 
Euclides da Cunha 3 x 2 Canudos
Euclides da Cunha 0 x 1 Serrinha
Serrinha 0 x 0 Euclides da Cunha
Canudos 1 x 3 Euclides da Cunha
Euclides da Cunha 4 x 2 Biritinga
 
2ª fase
Euclides da Cunha 4 x 1 Senhor do Bonfim
Senhor do Bonfim 1 x 1 Euclides da Cunha
 
3ª fase
Euclides da Cunha 3 x 1 Riachão do Jacuípe
Riachão do Jacuípe 2 x 2 Euclides da Cunha
 
4ª fase - Oitavas de Final
Euclides da Cunha 3 x 1 Itaberaba
Itaberaba 0 x 0 Euclides da Cunha

5ª fase - Quartas de Final
Euclides da Cunha 4 x 1 Porto Seguro
Porto Seguro 1 x 1 Euclides da Cunha
 
6ª fase - Semifinal
Euclides da Cunha 3 x 1 Itabela
Itabela 1 x 2 Euclides da Cunha
 
EUNÁPOLIS


Já Eunápolis chega, pela primeira vez na sua história, a uma final de Intermunicipal. Antes, as melhores campanhas da Seleção do Sul Baiano haviam sido feitas em 1989, quando terminou a competição no sexto lugar geral entre 100 participantes, e 2015, quando terminou em 3º lugar após ser eliminada por Santo Amaro, que veio a ser a campeã daquela edição, na semifinal.
 
Hoje, dois anos depois, Eunápolis deu o troco e eliminou a própria Santo Amaro para chegar à inédita decisão e lutar pelo tão sonhado título. Passar pela Seleção de melhor campanha em 2017 deu moral aos eunapolitanos, mas a campanha da equipe em todo o campeonato também é motivo de comemoração.
 
Em 16 jogo disputados, Eunápolis venceu sete, empatou oito e perdeu apenas um, para Itabela, na quarta rodada. Foram 21 gols marcados e somente seis sofridos. Um saldo positivo de 15 gols e um aproveitamento de 60,4%.
 
E se Euclides da Cunha tem o goleador Pim a seu favor, Eunápolis tem o paredão Márcio Greick. Reconhecidamente um dos melhores goleiros da história da competição, o capitão da equipe tem números invejáveis. Ele conquistou sete títulos do Intermunicipal e agora busca, pela primeira vez atuando por Eunápolis, o octacampeonato na carreira. O colecionador de títulos foi tetra campeão com a Seleção de Conceição do Coité, entre 2005 e 2008; campeão pela Seleção de Serrinha, em 2009; e bicampeão pela Seleção de São Francisco do Conde, em 2011 e 2012.

Histórico de Jogos
 
1ª fase
Itamaraju 0 x 1 Eunápolis
Eunápolis 3 x 0 Teixeira de Freitas
Itabela 0 x 0 Eunápolis
Eunápolis 1 x 2 Itabela
Teixeira de Freitas 1 x 5 Eunápolis
Eunápolis 0 x 0 Itamaraju
 
2ª fase
São José da Vitória 0 x 0 Eunápolis
Eunápolis 4 x 0 São José da Vitória
 
3ª fase
Eunápolis 3 x 1 Vitória da Conquista
Vitória da Conquista 1 x 1 Eunápolis
 
4ª fase - Oitavas de Final
Eunápolis 0 x 0 Ipiaú
Ipiaú 0 x 1 Eunápolis
 
5ª fase - Quartas de Final
Eunápolis 0 x 0 Cachoeira
Cachoeira 1 x 1 Eunápolis
(Pênaltis - 3 x 4)

6ª fase - Semifinal
Eunápolis 1 x 0 Santo Amaro
Santo Amaro 0 x 0 Eunápolis
 
Euclides da Cunha e Eunápolis se enfrentam na partida de ida da decisão às 15h do próximo domingo (26), em Eunápolis. O confronto de volta, quando será conhecida a campeã inédita acontecerá no dia 10 de dezembro, também às 15h, em Euclides da Cunha.
 
Fotos: Geovan Santos / Ligeirinho no Esporte
Fonte: FBF

domingo, 19 de novembro de 2017

1º TORNEIO AMIGOS DE JONAS VAQUEIRO

                                                    Equipe de TETECA, a campeã

  Neste domingo (19) pela manhã, foi realizado no campo society o  1º TORNEIO AMIGOS DE JONAS VAQUEIRO, reunindo uma mescla de jogadores em atividades, outros que brincam como
lazer, e alguns que vinham parado a muito tempo ai viu a chance de rever os amigos a aventurar correr um pouco atrás da bola, matando a saudade de alguns anos atrás, como foi o caso de THIAGO
FERREIRA, que depois que saiu da escolinha camisa 10 parou de jogar bola e hoje relembrando os
velhos tempos ainda conseguiu fazer dois gols e ver sua equipe ser vice - campeã do torneio.

Essa iniciativa de GIONIVON foi aplaudida por muitos desportistas mais veteranos que gostam do esporte como um lazer, e tiveram a oportunidade de passar um domingo diferente fazendo o que gosta, e como o evento foi bem aceito pela maioria, existe a promessa de que outros virão com
certeza mais forte e vai ser mais uma opção para os amantes do futebol.

Compareceram 30 trintas heróis ao campo society o que achou pouco a organização, mas devido ser
o primeiro, esperamos que a galera desperte para esse evento, e no próximo tenha um número bem
maior, confessa o organizador Gionivon.

Conforme aprovação de todos os líderes de equipes, o regulamento aprovado foi de jogar todos
contra todos num tempo só de 10 minutos, sendo que na final as duas equipes que somassem mais
pontos iriam fazer a final sem vantagem, caso houvesse empate seria disputada nas penalidades.

A divisão das equipes foram feitas através de sorteio, sendo escolhidos os cinco jogadores melhores
preparados tecnicamente e assim saiu a formação das equipes conforme a seguir :

EQUIPE 01 / NINHO
EQUIPE 02 / DANILO
01
02
03
04
05
06
NINHO / LÍDER
GIONIVON
JOÃO PAULO
NININHO
DAVI
DARLAN
01
02
03
04
05
06
DANILO / LÍDER
BRUNO CARVALHO
TETÊ
THIAGO FERREIRA
BODEIRINHO
RAMIRINHO

EQUIPE 03 / JÚNIOR DE NICINHO
EQUIPE 04 / TETECA
01
02
03
04
05
06
JÚNIOR / LIDER
EVALDO
JÚNIOR DE LIECE
BADO
AMARILDO
ANTÔNIO JOSÉ
01
02
03
04
05
06
TETECA / LÍDER
MARCINHO
GUSTAVO  TEIXEIRA
ALENCAR
ESSIVALDO
PROFESSOR

EQUIPE  05/ URÊIA
01
02
03
04
05
06
URÊIA / LIDER
PINTINHO
ZÉ DE QUEQUÊ
MACACO
ZÉ BORGES
RONALDO

Depois de 10 jogos realizados, as duas equipes classificadas foram a de TETECA com 09 pontos e
DANILO com 07 pontos, e na final saiu vencedora a equipe de TETECA por 2 a 0, que ainda teve
o artilheiro da competição TETECA com05 gols.

GIONIVON, agradece a todos que compareceram ao evento, especialmente aqueles que vieram de
outro município como foi o caso do pessoal da LAGOA DO BARRO.

AGUARDEM O PRÓXIMO !!!

                                                                   fotos do torneio











domingo, 12 de novembro de 2017

INTERMUNICIPAL : Euclides da Cunha e Eunápolis largam na frente

                         
  A maior competição de futebol amador do pais está chegando ao final e somente quatro seleções estão no páreo para a conquista deste ano, Euclides da Cunha, Eunápolis, Santo Amaro e Itabela.

Foi dada a largada nas semifinais do Intermunicipal 2017. E quam saiu na frente na disputa pelas vagas na grande final foram as Seleções de Euclides da Cunha e Eunápolis.
 
Em casa, Euclides venceu Itabela por 3 a 1. Os gols do triunfo foram de Mamá, duas vezes, e o artilheiro Pim, que chegou a 12 gols na competição.

Já Eunápolis, em casa, irou a invencibilidade de Santo Amaro ao vencer o jogo de ida por 1 a 0. Lukinhas marcou o único gol do confronto.

Domingo (19) acontecerá os jogos de volta e Euclides da Cunha se encontra numa posição muita boa, pois pode perder por um gol de diferença que mesmo assim passa para enfrentar quem se classificar no jogo entre Santo Amaro e Eunápolis.

Jogos de ida 
Itabela  x  Euclides da Cunha
Santo Amaro  x  Eunápolis

fonte ; diversas

ESCOLINHA INDICA OS MELHORES DE 2017

                                       Os campeões na festa de 21 anos da escolinha                                                    ...